Por quê Eu Tenho um Blog | Vem Aí o Mundo da Mare 3.0!

tumblr_lgulbd08DM1qhq8oto1_500

Semana passada me aconteceu uma coisa que demorei a decidir se era boa ou ruim. Como tudo na vida tem dois lados, deve ter sido os dois mesmo, haha. No começo foi só ruim, mas sempre dá pra tirar uma ou duas (até várias) conclusões e lições pro lado bom também quando a gente quer. Ainda bem que eu quis.

Não é muito difícil encontrar artigos pela internet falando sobre a morte das webpages, principalmente blogs. E eu dei de cara com um. Bem interessante, mas acabou não me fazendo muito bem. Se eu lembrasse o link, compartilharia aqui. A mensagem me pegou em cheio, me deixando desanimada e pensativa. Poxa, se os blogs e afins estão morrendo, o que eu estou fazendo escrevendo um blog? Vou voltar à essa parte e responder essa pergunta mais no finalzinho do post.

Ao invés de focar no que foi ruim, preferi expor o que foi bom dessa história toda nesse post. A primeira coisa bacana: o tempo que eu tirei pra refletir. Como eu tinha praticamente desistido depois do choque, fiquei hiper tranquila. Já não pensava em prazos, se ia dar tempo de fazer post ou não, se o blog tava abandonado ou não. Isso são coisas que ficam martelando na minha cabeça muitas vezes e me impedem de realmente fazer várias coisas, inclusive realmente blogar. Pensar de forma excessiva sobre a organização do meu tempo andava me impedindo de realmente fazer as coisas que havia organizado tanto na minha mente. Olha a loucura! Primeira meta da minha nova fase comunicacional: não deixar o ritmo da vida ou minha mania de pensar demais em tudo e me cobrar demais em tudo levarem embora minha serenidade. Sinto que isso é algo que preciso ficar me lembrando toda hora e, a partir de agora, farei isso.

Outra coisa bacana: depois da bad que rolou com o choque, comecei a procurar formas alternativas de produzir conteúdo online. Por quê online? Porque é o meio que eu prefiro mesmo, nada mais. Essa busca me fez perceber uma coisa que eu ainda não tinha percebido: eu não gosto de ficar sem comunicar. Foi só alguém dizer que eu não “podia” mais ter blog que eu fui logo procurar outra forma de fazer isso aqui. E “ser comunicativa” não significa ser a maior tagarela da cidade. Pra mim, isso só significa que quando eu descubro uma coisa legal, eu quero contar pra alguém. Quando eu sinto algo, eu quero escrever aquilo. Eu quero fazer um vídeo só porque eu tive a ideia de fazer aquele vídeo e gostei dela. Eu quero fotografar algo porque aquela fotografia não sai da minha cabeça. Eu quero compartilhar. Eu preciso externar coisas, sabe? Mesmo que ninguém esteja vendo, que seja pra mim mesma. Eu gosto de sentir aquela sensação de “missão cumprida”. Foi legal descobrir isso sobre mim tanto pela Maressa blogueira quanto pela Maressa estudante de Comunicação Social. Talvez eu já soubesse no fundo, mas agora ficou bem mais claro.

Teve mais coisa legal? Teve! Eu percebi que não preciso parar de ter blog só porque alguém acha que os blogs estão morrendo. Morrendo pra quem? Meu blog só vai morrer pra mim no dia que eu disser “chega”. E ele é meu, então o importante é que eu o mantenha vivo pra mim. As visualizações caíram? Sim, principalmente depois que a frequência de posts diminuiu. Mas e daí? Eu não me esforço pra produzir conteúdo de qualidade por números. Faço isso por mim, porque não gosto de coisa mal feita. Talvez esse negócio de que blogs vão morrer seja verdade pra blogs que precisam ver números, que viraram empresas (um talvez bem improvável, na minha opinião). O Mundo da Mare é meu canto pra me expressar, sabe? Sempre foi e sempre será! Ele não é uma empresa. Eu não tenho que morrer correndo atrás de público. Quem quer ler, participar e entrar no meu mundo é muito bem-vindo ^^

Apesar de não querer continuar sendo aloka das organizações mentais, consegui chegar a algumas conclusões que gostei bastante. A primeira é que eu não estou tão sem tempo assim. É verdade que eu tenho trabalhos da faculdade pra fazer, um estágio, uma vida social etc. Mas se eu reduzir meu tempo de só “ficar pensando demais sobre qualquer coisa” pela metade, já ganho aí um bom tempinho livre no dia. É questão de priorizar o “realizar”.

pd-5_zpso39gpoea

Foto do blog A Clothes Horse, um dos meus favoritos <3

Numa nota ainda mais positiva, queria dizer que o ritmo do blog mudou e quem continuou acompanhando mesmo assim já sentiu isso. Agradeço demais a quem ainda tá aqui! Apesar de dizer que o blog é meu, adoro compartilhá-lo com quem tem interesse. De verdade <3 Cada comentário, “like” no post, e-mail ou qualquer forma de comunicação entre nós é muito bacana pra mim. Nessa nova fase, não quero fazer agenda de posts nem ter horário certo pra postar. Eu já não estava conseguindo fazer isso, de qualquer forma USHAUSAH. E recentemente tive contato com produção de vídeo de novo, o que colocou minha vontade de priorizar esse formato lá em cima! Se você prefere os posts escritos, não se preocupe porque eles não vão a lugar algum. Aqui vai continuar tendo tudo que eu quiser – quando eu puder fazer, hahaha #OhVida

Gente, dois recomeços no mesmo blog em um só ano. Só eu mesmo, viu? Hahaha. Mas acho legal o blog evoluir comigo. Antes que eu esqueça, aviso logo que, assim como da outra vez, a cara do Mundo da Mare vai mudar de novo #spoiler. Essa já tá meio ultrapassada e não tá mais tão “eu” assim. Talvez demore um pouquinho porque a mudança será bem maior dessa vez, então tenhamos paciência, né? ^^

Que venha o Mundo da Mare 3.0!

Beeeijo

Instagram ♡ Fanpage ♡ YouTube ♡ Snapchat

*Infelizmente não encontrei a fonte da primeira imagem que usei nesse post. Procurei muito e não consegui… Se alguém souber, me avisa pra eu colocar :)

Anúncios

4 comentários sobre “Por quê Eu Tenho um Blog | Vem Aí o Mundo da Mare 3.0!

  1. Oi Mare,

    me ausentei por uns dias e que surpresa quando voltei, hehe… Até conferi o endereço para ver se eu estava no lugar certo, hsuahsuahs…

    Mare, eu também li em algum lugar sobre os blogs estarem desaparecendo, mas concordo com você, no teu blog quem manda é você e deve postar enquanto quiser e o que quiser, quem tiver interesse e compartilha de ideias parecidas com as tuas se sentirá bem, vindo aqui.

    Eu super gosto do teu blog e você é uma fofa, sempre responde os comentários com carinho e se dedica a esse cantinho…

    Parabéns pela tua atitude.

    Beijo e muito sucesso sempre!

Não deixe de comentar! ^^

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s